{Resenhas} No Escuro.

  • 112727757_1GGAno: 2014
  • Páginas: 336
  • Editora: Intrínseca
  • Classificação: 5/5
  • Onde Comprar: SaraivaCultura – Amazon
No Escuro – Elizabeth Haynes
 
Sinopse:

Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo… Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele.Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, ela tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele.
Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela agora é uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, sempre tentando se esconder, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começa a acreditar que ainda é possível levar uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo.



Essa é minha primeira experiência com thriller, e devo dizer que sou muito boba por não ter lido nada do tipo antes. Esse é um livro que vai te trazer diversas emoções: raiva, angustia, medo, alivio e por fim… angustia novamente. Ele narra a história da Catherine, inicialmente, uma mulher independente e que adora uma farra com as amigas, até que em uma noite dessas farras, ela conhece o Lee. Ele é o cara perfeito, e parece conquistar todos ao seu redor. Porém, com o tempo Lee mostra  a sua verdadeira face e desesperada, Catharine procura por ajuda, porém agora ninguém  acredita nela.

O livro começa quatro anos depois, com Lee preso e Catharine, que agora chama – se Cathy, tentando reconstruir a vida. Afastou -se da vida antiga e hoje sofre de um transtorno obsessivo compulsivo, conhecido como TOC. Esse transtorno faz com que ela confira várias vezes se trancou a porta, se os talheres e cortinas estão do jeito que ela deixou, se a janela está como ela deixou e isso às vezes faz com que ela perca muito tempo. Então, ela conhece Stuart que é o seu novo vizinho, que por sinal é psicólogo e as coisas começam a mudar. Mas calma! As coisas não mudam de uma hora para outra, e isso é o mais legal. A autora soube trabalhar o problema de Cathy e intercalar isso com um romance bem fofinho.Tudo vai bem até que Cathy recebe um telefonema. E o problema que antes estava encaminhando – se para resolução, volta a estaca zero. 

Tudo isso para apaziguar meu cérebro. O tempo todo, noite e dia, meu cérebro gera imagens de coisas que aconteceram comigo e coisas que podem acontecer. É como assistir a um filme de terror repetidas vezes, sem nunca se tornar imune ao medo. Quando consigo fazer tudo direito, na ordem certa, fazer minhas verificações corretamente, seguir o ritmo certo, então as imagens somem por algum tempo.

Após esse telefonema, a vida de Cathy vira de cabeça para baixo, e o que tinha sido quase superado, volta com toda força. Ela se vê cada dia mais paranoica, e nem mesmo a ajuda de Stuart parece funcionar. O desdobramento dessa história e o desfecho desse mistério, deixa o leitor surpreso e angustiado. Por vezes eu tive que me controlar e encontrar força de vontade e parar de ler pra ir dormir, mas ainda assim terminei o livro em 2 dias. Com toda certeza pode ser lido em 24 horas, porque ele te prende do começo ao fim e não possui muitas páginas. Além disso, a escrita da autora é viciante, e embora o livro seja um thriller, a escrita é leve e flui de uma maneira incrível. A história é maravilhosa, e o que é melhor: é extremamente realista. Confesso que fiquei conferindo minha janela a cada 2 minutos enquanto lia, e por vezes prendi a respiração sem perceber, sou extremamente medrosa e sempre leio a noite, então, me ferrei.

Novamente, ouvi meu mantra surgir indesejavelmente na minha cabeça:Isso não é normal. Não é assim que as pessoas normais pensam. Mas que se dane afinal, o que é ser normal?

Estou apaixonada pelo gênero e já estou caçando outros livros da autora para ler. Se você ainda não leu, por favor faça a leitura e embarque nessa história maravilhosa.

Anúncios

8 comentários sobre “{Resenhas} No Escuro.

  1. Oi Carol!!
    Já vi várias pessoas falando super bem desse livro e tenho curiosidade de lê-lo. Agora então… a curiosidade triplicou!
    Amo thrillers psicológicos… se quiser uma recomendação de outro livro no gênero te indico “A Garota no Trem”. Bem legal também, porém um pouco mais leve do que outros do mesmo estilo.

    bjo :*

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oiii Carol!
    O que dizer desse livro?! Ele mexeu comigo em proporções imagináveis, pq?! Bom, eu sou mulher, e infelizmente muitas meninas, jovens e mulheres conhece o lado da violência. Achei a história mto tocante, realista e que serve de alerta tbm…
    Sua resenha está linda, e como vc disse, qm não leu deve ler. É um livro mto bom!
    Beijinhos!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Olá!! Faz algum tempo que li o livro No Escuro, foi a primeiro que li do gênero também e fiquei fascinada tanto pela escrita da autora como pela trama narrada. A história é incrível, fiz todos aqui em casa lerem. Adorei sua resenha!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s