{Séries} Foi bom enquanto durou!

foibom

Sabe aquela série que marcou a sua adolescência ou pré adolescência, e que acabou, mas você ainda assim não consegue desapegar? Separei cinco séries que eu amei até o último episódio. Confiram!


  • 20150603-friendsComeço: 22 de setembro de 1994
  • Fim:  6 de maio de 2004
  • Criadores: David Crane e Marta Kauffman
  • Temporadas: 10

Friends ❤

Quem nunca quis sentar no Central Perk ao lado de Mônica, Phoebe, Rachel, Ross, Joey e Chandler? Eu sempre quis ( e ainda quero, haha). A série é considerada um siticom ( comédia encenada em ambientes comuns), que conta o cotidiano de seis amigos, cada um com uma característica diferente e personalidade forte, que encantaram o coração dos telespectadores. Apesar de ser uma “comédia”, a série trazia questões que muitos telespectadores identificavam- se. Quantas Mônica’s com mania de limpeza nós conhecemos? Quem não tem um amigo Chandler, que está sempre fazendo piadas, até nas situações mais inapropriadas? Aposto, que todo mundo tem uma amiga meio Phoebe, bem exótica e maluquinha! Que tal aquele amigo apaixonado, que tem várias paixões, mas, um só amor, como o Ross? E aquela amiga estilosa, antenada na moda, como a Rachel? E claro, aquele amigo divertido, garanhão que agrada todo mundo, como o Joey. Eu amo tanto essa série, que tenho o box das 10 temporadas, e ainda assisto as reprises na Warner. Se eu sou louca? Talvez.. Mas devo dizer, que algumas das séries atuais, não me prendem tanto quando Friends prendia. Okay, me julguem!  O final da série foi visto por 52,5 milhões de telespectadores, tornando-se o quarto episódio final de série mais assistido na história da televisão .O fato é que todo mundo já bateu palmas no ritmo da música ” I’ll be there for you”, tema da série, todo mundo sofreu com Ross e Rachel, torceu pela Mônica e Chandler, deu boas gargalhadas com Joey e Phoebe, e sofreu quando a série chegou ao fim. Porém, creio que acabou no tempo certo, foram 10 anos no ar e vimos os personagens amadurecerem, as histórias também e foi maravilhoso ficar com a fantasia de tudo que aconteceu naqueles apartamentos, e deixar o resto  para a imaginação do telespectador. Foi bom enquanto durou, e durou enquanto estava sendo bom! 


  • oneComeço: 23 de setembro de 2003
  • Fim: 4 de abril de 2012
  • Criador: Mark Schwahn
  • Temporadas: 9

One Tree Hill ❤

One Tree Hill ( Ou Lances da Vida no Sbt, haha), girava em torno de dois irmãos Lucas e Nathan Scott, filhos do mesmo pai, porém, mães diferentes. Nathan, o filhinho do papai, enquanto o Lucas, era o filho que foi rejeitado, e abandonado pelo pai Dan Scott. Toda a história da série, começa por eles dois, e aí temos muitos dramas familiares, romance, amizade e às vezes, uma pitada de comédia com a nossa querida e amada Brooke Davis ( sim, eu sou team Brooke!). Apesar de não ter sido uma série muito famosa, mantinha um público fiel , a maioria jovens, que acompanharam até o último capítulo. Quando começou, tudo ocorria no ambiente escolar, aquele com líderes de torcida e jogadores de basquete, típica vida dos jovens americanos, por isso atraiu tanto o público jovem. Com temas diversos, e personagens principais e secundários, maravilhosos, One Tree Hill teve ao todo 9 temporadas. Eu sou daquelas que achou que deveria ter acabado na 4ª, quando eles finalizam o colegial, porém me surpreendi e amei a vida pós escola de cada um. “I don’t wanna be anything other than what i been trying to be lately ♪”. Não tinha como assistir a série, sem cantar a música de abertura, aliás essa série tem uma playlist maravilhosa, além de covers que eu amo! Com casais que começavam e terminavam, meu coração foi arrebatado de maneira inexplicável, e claro, tinham citações incríveis que até hoje guardo comigo. Quando chegou ao fim, eu senti alivio e saudade ao mesmo tempo, pensar que não veria mais o meu casal favorito ( Nathan e Haley), e a minha personagem favorita EVER ( Brooke Davis), me deixou triste. Porém, saber que acabou na medida certa, quando tinha que acabar, sem mais enrolações, me trouxe total alivio. Se você ainda não assistiu, e gosta desse estilo, assista e apaixone – se também.


  • crisComeço: 22 de setembro de 2005
  • Fim: 8 de maio de 2009
  • Criadores: Chris Rock e Ali LeRoi
  • Temporadas: 4

Todo Mundo Odeia o Chris ❤

Everybody Hates Chris(Todo Mundo Odeia o Chris), foi um Sitcom baseado nas histórias pessoais do comediante Chris Rock. Ele narra histórias muito divertidas e comoventes de um adolescente, o mais velho de três filhos, crescendo em Brooklyn, Nova Iorque , em 1982. Ele conta todas as histórias loucas e comoventes da sua família, da mimada irmã Tonya, do super popular Drew, da Rochelle, a mãe mais exagerada que existe e de seu pai super econômico, Julius. Além do cotidiano no seu bairro, Chris ainda enfrenta o fato de estudar em uma escola onde ele é o único negro, o que nos traz criticas sociais, porém, lá ele faz um amigo, o Greg, e juntos eles vivem grandes histórias, que me fizeram dar boas gargalhadas. Esse era um daqueles programas, que reunia toda a família na frente da Tv, com histórias hilárias e também comoventes, da vida de uma família negra no subúrbio de NY. Com personagens marcantes, como a professora maluca do Chris, ” o carinha que mora logo ali”, a Tasha ( amor platônico do Chris), além dos personagens principais, a série tinha o objetivo de contar sobre a vida do Chris Rock, antes de torna – se um comediante. Por esse motivo, teve apenas 4 temporadas. O último episódio ” Todo Mundo Odeia Supletivo”, foi ao ar no dia 8 de maio de 2009, nele, Chris reúne – se com sua família em uma lanchonete, para comemorar o fato de ter conseguido uma boa nota no supletivo, já que ele decidiu abandonar o ensino regular. Esse é justamente o ponto da vida do personagem, onde ele começa a carreira de comediante. É também nesse dia, que o pai do comediante foi morto por um assaltante, quando chegava na lanchonete para juntar – se a família. Os produtores acharam melhor encerrar a série nesse ponto, já que o objetivo inicial era contar a vida antes da fama. Devo dizer que aquele episódio, apertou meu coração, imaginei a tristeza da família após a partida do Julius, e como tudo foi difícil para eles. Mas, a série foi maravilhosa. Lembro – me de sentar na sala com meus pais, e meu irmão mais novo ( pentelho), e rir muito com a Rochelle e o seu bordão : ” Eu não preciso disso, meu marido tem dois empregos!” , e o Greg com : “Cara, ela tá tão na sua!” haha, e claro de cantar a musiquinha : Everybody hates Chris ♪. Com histórias próximas do cotidiano, a série ganhou corações e eternizou os personagens. Aposto que muita gente ainda assiste as reprises que passam na televisão (eu assito). Foi maravilhoso enquanto durou!


  • eu-a-patroa-e-as-criancas-logoComeço: 28 de março de 2001
  • Fim: 17 de maio de 2005
  • Criadores: Don Reo & Damon Wayans
  • Temporadas: 5

Eu, a patroa e as crianças ❤

A série é focada no personagem Michael Kyle, um marido carinhoso e um pai moderno que ensina regras de convivência com um estilo diferente e único. Ele mostra para seus três filhos lições de vida, sempre com um toque humorístico. Jamais vou esquecer dos meus fins de tarde assistindo as histórias da família Kyle, e do quanto eu ri com a maneira do Michael agir com os filhos. Jay, a “patroa”, Júnior o filho mais velho e o mais desprovido de inteligência haha, a desajeitada Claire e completando a família, a pequena e fofa Kady. Além disso, temos os personagens secundários, que são os agregados, Franklin o pequeno super gênio e namorado da Kady ( isso mesmo, namorado!), Vanessa a namorada do Júnior e o religioso Tony namorado da Claire. Todos os dramas e confusões da família, são retratados durante as temporadas com muito humor. Os produtores cancelaram a série na quinta temporada alegando que as situações das histórias já tinham passado da realidade no no mundo. Apesar disso, são controversos os reais motivos que levaram ao cancelamento da série que ainda marcava bons índices de audiência, uma vez que o roteiro poderia simplesmente ter sido mudado ou pelo menos concluindo a história que ficou descontinuada, encerrando a temporada. A questão é que ganhou sim muitos corações, e arrancou boas gargalhadas, principalmente quando o Michael corria toda a casa para dizer um simples ” hã… não!”, ou quando ele disse ” Tchau”, em quase todas as línguas possíveis. Uma comédia leve, que foi interrompida e deixou saudades.


  • Um-maluco-no-pedaço-por-Will-SmithComeço: 10 de setembro de 1990
  • Fim: 20 de maio de 1996
  • Criadores: Andy Borowitz e Susan Borowitz
  • Temporadas: 6

Um Maluco No Pedaço ❤

Através de situações engraçadas, a série mostra os conflitos de valores de uma sociedade marcada por problemas raciais, como a norte-americana, onde o humor impagável de Will leva todos os seus parentes ao limiar da loucura. Após uma briga com consumidores de droga, a mãe de Will, temendo que o futuro do filho passasse pelo mundo do crime, resolve enviá-lo para a mansão de sua irmã e de seu cunhado Phillip Banks. Lá, Will depara – se com uma realidade bem diferente, já que a tia mora em uma mansão em Los Angeles. Lá, ele conhece seus primos , a mimada Hillary, o certinho e engraçado Carlton e a fofa Asheley. Além disso, Will também faz amizade com o mordomo Geoffrey. A série que revelou o Will Smith, nos trouxe muitas emoções durante o período que ficou no ar. Quem não se lembra da dancinha do Carlton? Ou da vez em que o Will improvisou quando o pai o deixou na série, mas o ator transformou o texto por  tratar – se de algo próximo da realidade, e ganhou um abraço apertado e verdadeiro do Tio Phil. Toda a trama foi maravilhosa, e aquela abertura com o taxi chegando na mansão, fica grudada na memória. A série quase foi cancelada na quarta temporada, com o último episódio mostrando Will indo para a Filadélfia. Mas a reação dos fãs foi tão forte, que o programa foi renovado e teve ainda mais duas temporadas. Sendo assim, teve o total de 6 temporadas, e finalizou em grande estilo e como tinha que ser. As situações engraçadas e comoventes da vida de Will, seus tios e primos, ficou grudada na memória de muita gente, rendeu prêmios, eternizou personagens, e lançou o Will Smith para o mundo.


Apesar de toda tecnologia, das tramas cada vez mais complexas e dramáticas, a simplicidade das séries antigas, deixaram saudade. Talvez por isso, eu já não acompanhe tantas séries assim. E vocês? Tiveram alguma série que ” Foi boa enquanto durou?”.  Se ainda não assistiu alguma das séries que foi citada, corra para internet e assista!

Anúncios

8 comentários sobre “{Séries} Foi bom enquanto durou!

  1. Eu amo as séries antigas, elas trazem uma sensação gostosa de: poxa, isso é verdade! Gosto muito de todas essas séries, são ainda hoje as minhas preferidas e sempre assisto reviews porque o humor delas nunca deixa de ser atual.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s