{Resenha} – De Volta Para Casa.

De Volta Para Casa – Karen White

Sinopse:
Cassie Madison fugiu de Walton, Geórgia, para Nova York quando soube que sua irmã, Harriet, e seu amor, Joe, tinham-na traído e iam se casar. Ao chegar em Manhattan, sua ideia era se reinventar, mergulhar de cabeça na carreira e até mesmo perder o sotaque provinciano. Tudo para apagar seu passado marcado pela traição e por uma família que não lhe tratara com o devido cuidado. Mas, numa noite, um único telefonema de sua irmã trouxe de volta tudo que ela pretendia esquecer. Com o pai muito doente, ela foi obrigada a fazer a viagem de volta e, enquanto arrumava as malas, seus maiores medos eram que o pai morresse sem que ela pudesse estar com ele e… encontrar a família feliz que Harriet e Joe tinham construído. Já em Walton, Cassie percebe que enfrentará uma imensa batalha particular, porque, afinal, ela não consegue deixar de amar seus sobrinhos — e nem deixar de se sentir em casa, naquela cidadezinha de sua infância.

Enquanto se divide entre o rancor e a esperança, velhas e queridas lembranças e uma mágoa insustentável, o destino arrumaria uma forma de aproximá-la do que realmente importa: o verdadeiro amor.


Depois de ler uma série de New Adult, resolvi respirar e sair um pouco desse mundo. Olhando a minha meta de leitura para esse ano, encontrei o livro da Karen White no meio, e resolvi então que era a hora de finalmente iniciar a leitura. Me arrependo de não ter lido antes. O livro nos traz a história de Cassie, que fugiu da sua cidadezinha no interior, quando descobriu que foi traída por seu namorado e sua irmã. Após alguns anos, o pai delas adoece, e Cassie precisa voltar para a sua cidade e enfrentar tudo que ela deixou para trás quando mudou-se para NY. E quando isso acontece, meus queridos, o baú de mágoas, ressentimentos e medos é aberto, e então é dada a largada para uma história linda e comovente.

Chorar não é humilhante, só permite que os outros saibam que você é humana.

Preciso começar dizendo, que essa é uma resenha difícil de escrever, porque o livro me trouxe tantas emoções, que traduzi – las em palavras, me parece pouco. Mas ainda assim, vou tentar. 
Com a vida “perfeita”, Cassie vive em NY com seu noivo e uma vida profissional bastante agitada. Ela não tem contato com o seu passado, além do fato de encontra-se de 15 em 15 dias com o seu pai. Quando ela precisa voltar para a sua cidade, e enfrentar os seus medos, tudo parece simples: ficar até seu pai melhorar e voltar para a sua vida, certo? Claro que não, errado. Logo no começo do livro, quando ela chega na cidade e encontra uma pessoa do seu passado, nos é revelado a forma como as coisas aconteceram, e o motivo dela ter fugido. E a primeira emoção é : raiva. Raiva porque você não entende, como uma irmã pode trair a outra assim, tão descaradamente. E então, vemos uma Cassie ressentida, e magoada e uma Harriet ( irmã de Cassie) desesperada pelo perdão.

Uma vez eu fugi, quando tinha 13 anos. Fui só até o pequeno conjunto de árvores que costumava ficar ali. Estava atrás de um arco-íris, mas ele desapareceu do céu enquanto eu atravessava o gramado. Sentei-me numa pedra e fiquei esperando até meu pai vir me buscar. — Ela fez uma pausa para limpar o nariz, então amarrotou o lenço na mão. —Ele disse que tudo bem eu estar perseguindo o final do arco-íris desde que nunca me esquecesse onde ele começava.

A medida que o livro vai desenrolando, conhecemos os personagens secundários, como por exemplo os sobrinhos fofos da Cassie, e como ela vive em constante conflito, porque eles são filhos da “traição”. O Sam, que não tem como negar que é apaixonado por ela desde sempre, e o cara com quem ela vive em constante embate. O noivo, que me deixou bastante confusa desde o começo e claro, sua irmã e o marido. A medida que vamos entendendo a história e todos os seus lados, o sentimento de raiva é deixado de lado, e vem a dúvida.

— Talvez haja somente um amor para cada um na vida. E, quando se perde esse amor, acabou. Não há outra chance. É possível esperar a pessoa estar livre de novo e ter esperanças de que ela retribua o amor. Mas isso é apenas uma possibilidade.

Então tem o mistério, os segredos, as mentiras,  a raiva, as dúvidas e culpas e tem o perdão. O perdão vem, depois do entendimento, e até mesmo você que está lendo, perdoa. Perdoa porque entende, que quando se trata de amor, seja ele qual for, não existem leis ou regras. Devo confessar, que demorei para simpatizar com a Harriet, e entender o lado dela. Fiquei chateada também com a falta de participação do Joe, o ex amor da Cassie, afinal ele também a traiu, certo? Mas então eu entendi que não se trata de uma história de amor mal resolvida entre homem e mulher, trata – se de uma história de amor entre duas irmãs, e como o tempo ao invés de curar feridas, aprisionou e quando teve a oportunidade, deixou a ferida exposta, até sarar. E sarou. 

Agarrar-se ao passado não é algo muito saudável. — Desviou os olhos por um momento. — É como se agarrar a antigas feridas: dificulta o amadurecimento.

A escrita da autora é maravilhosa, é tão envolvente que você sente junto com a personagem. A autora pegou um belo enrendo, e transformou em uma história de amor, linda e comovente. Se eu indico? Com toda certeza do mundo. Aproveitem a leitura!

Beijos.faeac-5coracoes

affc3-http-signatures-mylivesignature-com-54493-207-d364fbf14b6ae2645dd79c5f8014e1a3

Anúncios

14 comentários sobre “{Resenha} – De Volta Para Casa.

  1. Parece ser uma história de amor comum, você por gostar muito do que leu pode fazer outras pessoas qurerem ler o livro; Gostei muito da capa, combina com a frase, mas deixa um leve tom de solidão, sei lá. Acho que eu leria.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s