Resenha: Intenso Demais – </3

Intenso Demais – S.C Stephens

“Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda… e nenhum deles jamais será o mesmo.”

Não sei como começar a falar desse livro. Primeiro vem uma série de palavrões, que eu acho que seria desnecessário colocar aqui, portanto vou tentar me controlar. Quando eu li a sinopse desse livro no Skoob, e depois li as resenhas, eu logo pensei: preciso ler esse livro. Apesar de ter prometido  que daria um tempo desse universo, comprei e assim que comecei a ler, nas primeiras páginas, não gostei da Kiera. Sim, eu tenho problemas com as mocinhas, todo mundo já sabe disso. E com a Kiera, eu passei dos limites da irritação. Como a sinopse conta, Kiera namora o “cara perfeito” ( Denny), quando ele consegue uma ótima oportunidade de emprego em outra cidade, ela decide largar tudo e seguir com ele, sendo assim, pede transferência da faculdade, deixa seus amigos e família, e muda-se. Já em Seatle, eles ficam na casa do amigo de Denny, o Kellan. Ele é um roqueiro gostosão,  que leva uma vida de bad boy: mulheres e farra. Tudo vai muito bem, até que Denny recebe uma proposta, que vai afastar o casal perfeito por 2 meses. E então meus queridos, a coisa toda desanda.

Mas acho que todo amor está fadado a um dia voltar à realidade.

Minha relação com esse livro é de amor&ódio, no caso, mais ódio do quê amor. Eu explico: Simplesmente não consegui me apaixonar e achar lindo, como muitas pessoas acharam. Talvez esse seja um daqueles livros que tem o momento certo para ser lido. Mas algumas situações apenas me irritaram durante todo o livro. O primeiro ponto é: Qual a necessidade da Kiera corar tanto? Perdi as contas de quantas vezes essa criatura disse ” corei da raiz..”, desnecessário. Segundo ponto: onde diabos o Denny estava a maior parte do tempo? Trabalhando a droga do tempo todo? Terceiro ponto: A Kiera é a personagem mais egoísta e contraditória que eu conheço. Eu entendo que o Denny vacilou, e vacilou feio. Foi compreensível o primeiro erro cometido, mas e depois? Qual o motivo pra continuar? Já sei que sentimento nós não controlamos, mas do jeito que aconteceu, onde aconteceu, e como aconteceu … não deu pra aceitar. Eu lia os momentos que normalmente me fariam suspirar e pensava: Meu Deus, e o Denny? Ela sentiu – se culpada 99% do tempo, mas não fazia nada para mudar essa situação. E aí a minha raiva. A indecisão dela, não me comoveu, nem mesmo um pouco. Ela foi egoísta e cruel com os dois. E sobre o Kellan? Sim, ele encanta. Sim, ele é fofo. Sim, eu me apaixonaria por ele também. E depois de conhecer a história por trás do bad boy, fica tudo ainda mais compreensível e a vontade que dá é de pegar no colo e ninar. E confesso: meu coração ficou dividido, não sabia por quem me apaixonar ou por quem torcer.

Eu gostava de constância. De segurança. Essa era uma das razões pelas quais Denny e eu tínhamos nos entrosado tão bem. Ele era um lago de água fresca: seguro,sereno e principalmente, estável. Kellan…Kellan era fogo: apaixonado,emotivo e ardente.

Não sei dizer se o fato de não gostar da Kiera, tornou a narrativa bem chata no começo, eu simplesmente não conseguia me envolver. Do meio para o fim, as coisas mudam e eu consegui me envolver com o drama do Kellan e comecei a sentir o sofrimento do Denny. E aí, eu me apaixonei. Pelos dois. E não adianta, não deu para dar uma chance a Kiera. Se a situação fosse contrária? Se fosse um homem apaixonado por duas mulheres? Se acontecesse do jeito que aconteceu nesse livro, eu também não conseguiria dar uma chance. O fato é que: eu senti tanto o sofrimento dos dois, o desespero do Denny para salvar o relacionamento, e o amor que o Kellan sentia, que fiquei angustiada. No fim, eu fiquei contente e encantada novamente com o Denny. Surpresa com a atitude do Kellan, e numa boa com a Kiera, mas não ao ponto de gostar dela.

(…) vocês dois se casariam, teriam filhos, levariam uma vida maravilhosa.

– E você? O que aconteceria com você, nesse caso?

– Eu… me viraria. E sentira saudades suas todos os dias.

O livro é realmente intenso, o enrendo e a idéia é bem próximo da realidade, eu conheço algumas ”Kiera’s” na vida real. Apesar, de passar raiva a maior parte do livro, gostei de como tudo foi resolvido e das emoções que o livro me fez sentir. Não, eu não concordo com as atitudes e decisões que os personagens tomaram em alguns momentos, por isso não consigo dar 5 estrelas. Porém me encantei demais com o Denny, e me envolvi demais com o Kellan, por isso 4 corações. Se você gosta de um triângulo amoroso, respire fundo e embarque nessa história!

Aproveitem a leitura!

Classificação4

Assinatura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s