Resenha: Ugly Love – Nem de longe o amor é feio!

17788401Ano: 2014 
Páginas: 
322
Ainda não lançado no Brasil
Classificação: 
5/5 

Ugly Love – Collen Hoover
Sinopse:
Quando Tate Collins conhece o piloto de avião Miles Archer, ela não acha que é amor à primeira vista. Eles nem sequer se consideram amigos.A única coisa que Tate e Miles têm em comum é uma atração mútua inegável.Uma vez que os seus desejos estão esclarecidos, eles percebem que têm um arranjo perfeito. Ele não quer amor, ela não tem tempo para o amor, por isso só deixa espaço para o sexo. Seu arranjo pode ser surpreendentemente e sem trabalho, enquanto Tate seguir as duas únicas regras que Miles tem para ela. 1-Nunca pergunte sobre o passado. 2-Não espere um futuro. Eles acham que podem lidar com isso, mas percebem quase imediatamente que não podem lidar com isso em tudo. Corações se infiltraram. Promessas se quebram. Regras ficam abaladas. O amor fica feio.


Gente, eu realmente não sei o que há com a Collen pra mexer tanto assim com a gente. Mas o fato é que: ela destrói o meu emocional. Eu li ” Maybe Someday” e corri pra procurar outra obra para recuperar meu coração, resultado: não recuperei. Meu pequeno e pobre coração ficou completamente destroçado, depois os caquinhos foram reunidos, mas, ainda assim é difícil recuperar.
” O amor nem sempre é bonito, Tate. Algumas vezes você gasta todo o seu tempo esperando que finalmente algo seja diferente. Algo melhor. Então, antes que você saiba você está de volta ao primeiro quadrado, e você perdeu seu coração em algum lugar no caminho.”
Quando Tate muda – se para o apartamento do seu irmão, tudo que ela quer é um lugar para ficar, até que possa encontrar seu próprio apartamento. Ela é uma estudante de enfermagem apaixonada pelo que faz, e sem tempo para relacionamentos. Lá ela conhece Miles, que é amigo do seu irmão, tanto Miles quando o irmão de Tate, são pilotos, portanto passam alguns dias fora de casa. A maneira como eles se conhecem, não é nada agradável, e não há como dizer que se apaixonaram e sonham em viver um com outro, a princípio é apenas uma atração muito forte que não permite que os dois resistam. E eles não resistiram, entregaram – se a atração, mas Miles tem duas regras: Nunca pergunte sobre o meu passado e não espere por um futuro. Ela aceita as regras, porque ela, assim como ele, quer apenas um sexo casual, certo? Errado, Quando as coisas mudam no meio do caminho, sentimentos surgem e o amor fica feio. ( Ou não)
” Eu tentei muito. Mas no segundo que ela abriu seus olhos e olhou para mim, eu soube. Ela seria a minha morte… ou ela seria aquela que finalmente me traria de volta à vida.”
Devo confessar que eu preciso de  tratamentos. Eu sempre, ou quase sempre, tenho problemas com a mocinha, e meu DEUS, com a Tate não foi diferente. No primeiro capítulo eu pensei: nossa, dessa mocinha eu vou gostar, mas aí no meio do caminho, ela me decepciona. Eu entendo que o amor faz dessas com a gente, e que o que ela fez durante o caminho,levaram as coisas a acontecerem como aconteceu, mas ninguém disse que um pouco de amor próprio, faria mal. Ela nem tenta fazer jogo duro ou resistir, e isso por muitas vezes, me deixou frustrada. Mas, eu entendi a proposta da autora. Apesar disso, a Tate sabe o que quer e é persistente, embora por vezes irritante. E aí, tem o Miles. ah o Miles, quando os capítulos são os dele, eu me derreto toda. Porque ele é extremamente fofo e quando ele está com a Tate, apesar de ser um babaca ás vezes, ele é intenso demais. O segredo dele é o motivo dele achar que o amor é feio. Ele possui traumas, culpa, tristeza e decepção. E até que tudo isso seja esclarecido, é angustiante e você fica com pena da garota. Mas tudo isso fica um pouco mais leve, devido ao Cap. Ele é um senhor de idade que trabalha no prédio e é a pessoa com quem a Tate desabafa. Ele é tão sábio e descontraído, não tem como não se apaixonar.
A história é envolvente e conseguiu mexer com meus sentimentos. Mais uma vez a Collen arrasando! A escrita dela já me prendeu, e como dizem por aí, agora eu leio até a sua lista de compras. Ainda prefiro ‘ Maybe Someday’, mas Ugly Love não fica pra trás. Você vai rir, sentir raiva e se apaixonar. Trata – se de perdão e da redescoberta do amor. Você vai descobrir que não há maneira do amor ser feio.
Aproveitem a leitura!!!
♥♥♥♥♥
Anúncios

3 comentários sobre “Resenha: Ugly Love – Nem de longe o amor é feio!

  1. Pingback: Notícias: Ugly Love. | Me Apaixonei Por Um Livro

  2. Pingback: Vem por aí… | Me Apaixonei Por Um Livro

  3. Pingback: {Notícias} – Ugly Love ganha teaser. | Me Apaixonei Por Um Livro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s